sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Lisboa, nossa casa, nossa causa

Caros amigos

Pela CLAC- Cidadãos Lisboetas Apoiam António Costa – queremos agradecer à equipa que tornou possível este projecto cuja identificação e contactos se encontrará no próximo post.

Claro que, para além dos nomes que aqui figuram, existiu uma orquestra invisível, cujos executantes foram vitais para Lisboa ser nossa. Bastará ver que teminámos o blogue com cerca de 29000 visitas e 1377 assinaturas.

Trouxeram conselhos, palavras amigas, (muita) gente, pensamentos e opiniões, mobilizaram recursos e serviram esta causa como Cidadãos exemplares que são.

Por isso, queremos dizer “obrigada!”. Por não nos deixarem sós à frente desta batalha. Pelo apoio e confiança com que nos seguiram, dando a cara, o corpo e a voz em cada momento.

Unimo-nos a António Costa, Cidadãos Por Lisboa e Lisboa é Muita Gente, convictos de que, nas suas mãos, se deposita um futuro de esperança para a cidade onde todos um dia possamos ser mais senhores da nossa terra, qualquer que seja o nosso credo, a nossa cor ou a nossa condição.

Por isso, este pode ser um re-começo da Cidade. Vamos estudar uma forma de converter as sinergias agora criadas, aproveitando o espaço de discussão pública, clara e amiga da cidade que aqui ajudámos a criar.

Só com uma cidadania activa poderá ser verdade o nosso slogan “Lisboa, nossa casa nossa causa”.
Obrigada a todos! Parabéns a todos!

Abraço solidário

Armandina Maia

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

António Costa, uma questão de confiança

António Costa venceu, com todo o mérito e com toda a justiça, a batalha de Lisboa.

Pelo diálogo que soube estabelecer com outros parceiros - Cidadãos por Lisboa e Lisboa é Muita Gente - pela extraordinária força que irradia, pela seriedade dos seus mínimos actos, pelo olhar limp(íd)o que lhe conhecemos. Sem artefactos, sem pose, de mangas arregaçadas para o trabalho, António Costa é um político com qualidades mas, acima de tudo, de qualidade. Uma qualidade que escasseia em todo o mundo político.

Foi neste contexto que nasceu a CLAC. Tentando passar palavra, "Costa é um homem sério", galgámos fronteiras nunca imaginadas, mobilizando cidadãos para esta vitória. Sabemos que, com base na confiança, votou muita gente que não iria votar. "O Costa é um homem sério" foi assumido por todos os apoiantes da CLAC, levando muitos jovens a fazer campanha, de modo (in)visível, nas redes sociais, pelo seu candidato: António Costa.

Neste sentido, para a CLAC, foi uma dupla vitória: servir aqueles em que acreditamos e gerar uma força colectiva capaz de interceder no fatalismo das coisas.

Agradecemos aos elementos da campanha que nos acompanharam, agradecemos a Helena Roseta, José Sá Fernandes e, claro, a António Costa o reconhecimento público com que nos brindaram.

Parabéns a todos!
Armandina Maia

domingo, 11 de outubro de 2009

António Costa, Presidente!

Viva António Costa!

Vivam Os lisboetas!

Viva Lisboa!

Lisboa a caminho do futuro

René Magritte

sábado, 10 de outubro de 2009

sem título


sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Fragmentos (unidos) de comentários dos assinantes

Querido António Costa

Confio-te a minha cidade
Lutamos contigo
Por Lisboa
A nossa cidade

Força António Costa!
P’ra frente é que vamos!
Com força e esperança

Damos a cara e a voz
Por uma Lisboa
Um manifesto cultural

Aberto como um livro
De diferentes credos
E caligrafias

Lisboa de acção
E governação
Por isso estamos unidos

P’ra manter a cidade
Com este brilho nos olhos
Todos somos nesta luta

Corajosos e visionários
Por isso dizemos “presente”
A abrir as portas ao futuro

Confio-te a minha cidade
Com a força da Razão
Com convicção e alegria

Vamos em frente
Honrar a cidade
Porque merece

António Costa Presidente
Espero que ganhe
Para lhe chamar outra vez

Presidente
Excelente Presidente
Camarada, companheiro,
Capaz de nos defender

Nós, o povo de Lisboa
Nesta dinâmica imparável
Por António Costa

Que escuta e decide
Reflecte e inova
Planeia e concretiza
Lisboa, a nossa causa

Dos Cidadãos por Lisboa
De Lisboa que é Muita Gente
Dos Cidadãos Lisboetas
Que Apoiam António Costa

Lisboa,
Nossa casa, nossa causa
Cinzenta, às vezes
Mas também branca
Da luz que lhe traz o rio

Para sempre Lisboa
Com Tejo e gente
De todos os lugares

Abraço a todos
Viva Lisboa!
Viva Lisboa!
Viva Lisboa!

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Lisboa escrita nas paredes do futuro

vídeo: Alberto José David
letra e música: Ary dos Santos e Paulo Carvalho
voz: Paulo de Carvalho

Amália, para lá do tempo

Sem palavras

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Sinceramente, acho que o P.S.L. tem o problema do Terreiro do Paço resolvido...

http://s164.photobucket.com/albums/u17/banithor/

Porque os outros se mascaram mas tu não

Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.
Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.
Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.
Sophia Mello Breyner

Há sempre tempo para ir votar!

Eleições 1975

Há sempre tempo para ir votar!

O dia em que todas as línguas terão um sentido! Vota António Costa!

Apoio a António Costa: Manuel Luís Goucha

Apoio a António Costa: Vítor de Sousa

Apoio a António Costa: Camané

domingo, 4 de outubro de 2009

Ainda a festa TODOS POR LISBOA - Carlos do Carmo



Lisboa é (e será) cada vez mais gente!

Também de visita obrigatória é o blogue de José Sá Fernandes, repleto de jardins, girassóis e bicicletas.
http://lisboaemuitagente.blogspot.com

O drama de um homem só

O drama de um homem só é um texto de leitura obrigatória, no (novo) blogue de campanha de Helena Roseta que, evidentemente, irá adicionar-se aos nossos links. Oportuno, com importantes contributos e com sentido estético à prova de bala. Parabéns!

http://adiferencaemlisboa.blogspot.com/

Mercedez Sosa: uma vida a cantar a liberdade!

(9 de Julho de 1935-4 de Outubro de 2009)

sábado, 3 de outubro de 2009

TODOS POR LISBOA!

video

Criação e arranjo: Armandina Maia

Organização do concerto: Aida Tavares, Carlos Martins, Rui Vieira Nery

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

André Gago: o coro da voz comum de cidadãos

TER UM PAPEL NO APOIO A ANTÓNIO COSTA
Por vezes, a sorte dos artistas está nas mãos do acaso. Quando se é actor, uma boa parte das oportunidades de trabalho resulta de factores que escapam ao nosso controle estrito. É aquilo a que chamamos esperar que o telefone toque. O telefone já tocou algumas vezes, na minha vida profissional, para desafios inesperados e compensadores: inesperados porque ninguém antecipa ser realmente chamado para um papel que deseje; compensadores porque os desafios valeram sempre a pena. Com estas eleições para a Câmara de Lisboa, a coisa passou-se comigo de modo semelhante e ao mesmo tempo diverso: sem filiação política, tenho estado afastado de campanhas e envolvimentos cívicos na vida pública em geral. Mas a dado passo as perspectivas de entendimento ou falta dele quanto ao futuro da edilidade começaram a inquietar-me. E cheguei a uma conclusão clara: para mim, havia todas as razões para que António Costa continuasse a ser o nosso Presidente, e nenhuma razão para que deixasse de o ser. E desejava partilhar esta convicção profunda com o maior número possível de pessoas. Mas como poderia desempenhar eu um papel nesse processo? O telefone tocou, dias depois, Era alguém a desafiar-me para apoiar a recandidatura de António Costa à C.M.L.
Por uma vez, o papel que queria poder desempenhar, como cidadão, veio parar às minhas mãos. Abraço este papel e esta oportunidade com ambas as mãos. Não é (felizmente!) um papel de protagonista: antes integro o grande coro dos cidadãos que, como os actores dos antigos coros do teatro, buscam no debate a voz comum que lhes permita realizar a grande convergência para poder interpretar, com universalidade, o espírito da cidade.
André Gago18 de Setembro 2009
André Gago Teatro Instável

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

CLAC: estrelas da noite no Coliseu por Raúl Cruz

Que não te doam as palavras, de tão (ben)ditas que são! Armandina

André Gago fotografado por Raúl Cruz Still Photography and Moving Pictures.Lux-ex-Machina

Encontro de António Costa com o mundo do trabalho

Caro(a) Amigo(a) e Camarada

António Costa, candidato do Partido Socialista á Câmara Municipal de Lisboa, teve, durante o seu actual mandato, enquanto Presidente da edilidade uma política laboral com os trabalhadores da autarquia e um diálogo social com os sindicatos exemplar. É este exemplo que António Costa quer reforçar no seu próximo mandato, à frente da CML.
Assim, neste quadro, vai ser organizado no próximo dia 1 de Outubro, quinta – feira, pelas 18.00h, um ENCONTRO DE ANTÓNIO COSTA COM O MUNDO DE TRABALHO no Hotel continental, em Lisboa, para o qual vos enviamos este CONVITE.
Naturalmente, este CONVITE é endereçado a todos aqueles e aquelas que, não só apoiam a candidatura de António Costa, como têm interesse nas questões do MUNDO DO TRABALHO.

Hotel Continental- Rua Laura Alves, nº 9, 5ª feira, às 18 horas


CONTAMOS CONSIGO – ATÉ LOGO!!!!
Cordiais Saudações
Carlos Trindade

Foi bonita a festa, pá!

António Costa no Coliseu dos Recreios, no encerramento do espectáculo. Elenco de luxo para plateia de luxo: a vibrar com cada nome que pisava o palco.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Amanhã é outro dia!

Mesmo que não vá, nos os perca de vista.
Acções de rua com António Costa e adeptos
Areeiro, Praça de Táxis, às 9.15 da manhã, para começar bem o dia.
Veja o resto das acções de rua do dia 29 aqui.
Não perca António Costa nos Gatos Fedorentos. Palpita-me que vamos ter fado bailado.
Porque António Costa não faz de conta.
É mesmo FIXE!

Vamos à luta!

Notas para quem não viu:

Sala cheia, a transbordar, na Gare Marítima de Alcântara. Um elenco de luxo na plateia. Uma Comissão de Honra que parecia infindável. Um abraço por Lisboa. Muitas caras por um candidato. Muita força e muita coragem. O trio António Costa + Helena Roseta + José Sá Fernandes simboliza a força da nossa união. Da nossa vontade. Do nosso voto.

Vamos Votar António Costa!

Hoje, dia 28, às 18 horas, na Gare Marítima de Alcântara

Apresentação da Comissão de Honra da Candidatura UNIR LISBOA, na Gare Marítima de Alcântara, às 18 horas. Par mais pormenores, ver aqui:
Venham TODOS.
Vamos Ganhar Lisboa!

domingo, 27 de setembro de 2009

Arte total: é hoje, é ontem é agora

Depois da primeira golfada, tomei fôlego e deixei de pensar em directo. Sabia que nenhum deles falharia, como se pudessem fazer rewind e repetir a cena.
Como num filme, estivemos todos perto da perfeição.
Parabéns à fabulosa equipa, que podem e devem ver aqui.
Armandina Maia

Onde nos leva esta bicicleta? O que mais me estimula nesta Bicicleta de Faulkner é a razão que me trouxe a ela: a abordagem da doença de Alzheimer, patologia que assusta naturalmente todos aqueles que usam a memória como ferramenta e a entendem como imprescindível condição de conhecimento. É hoje, é ontem, é agora mesmo na infância. O outrora agora de Pessoa.
Maria do Céu Guerra

sábado, 26 de setembro de 2009

Tempo de escrutínio

Aurélio da Paz dos Reis

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

O dia em que a arte entrou na CLAC

Azulejo concebido, executado e assinado por Carmo Pólvora.

CLAC: majestade por um dia

As pessoas chegaram como se conhecessem o caminho. A sala encheu-se de gente. Gente que se cruzou já em outros lugares, mas que (re)conhece a um pestanejar de olhos. Não foi muito longa a espera, porque tínhamos muitas conversas inacabadas e muitas falas novas por trocar.
A chegada de António Costa, com Helena Roseta e José Sá Fernandes silenciou a música de fundo. E ergueu-se uma música outra, a de António Costa. Contente, firme e corajoso, para dizer o mínimo. Disse "presente", "cumprimos" "contem comigo, como eu conto convosco". Dele e nosso foi o momento que tanto esperávamos. Helena Roseta explicou as façanhas daquele dia. E dos outros dias. E dos dias que hão-de vir.
Percebemos quão grande pode ser a força de gente de bem unida por princípios e causas. Foi, afinal, "um dia claro", como dizia a Sophia. E, quem sabe, a ponta de um sonho que já é mais do que uma mera utopia.
Parabéns e obrigada a todos!
Menções honrosas para a Casa do Alentejo, a boa comida, a afabilidade e o bem-estar. E para a equipa da Dday, incansável, lutadora e bonita. Para a Carmo Pólvora, obrigada é uma palavra curta demais, mas não me lembro de outra melhor.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

É hoje o jantar da CLAC!

Claude Monet

terça-feira, 22 de setembro de 2009

É já amanhã!

PAUSA BREVE NOS TRABALHOS

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Parabéns a nós! Somos 200 à mesa!

Vincent Van Gogh

Casa do Alentejo, quarta-feira, 23, às 20 horas.
Marcações:
Joana Lopes 91 912 02 70
Patrícia Rocha: 91 496 41 61

Ponto de Encontro: quarta-feira, 23 de Setembro, 20 horas

Não faltem. O jantar vai ser na Casa do Alentejo, quarta-feira, 23, às 20 horas.
Obrigada a todos pela adesão a esta iniciativa.
Lisboa precisa e merece!

Marcações:
Joana Lopes 91 912 02 70
Patrícia Rocha: 91 496 41 61

domingo, 20 de setembro de 2009

Sem palavras

sábado, 19 de setembro de 2009

Jantar da CLAC: já marcou o seu lugar?

Marcações:
Joana Lopes 91 912 02 70
Patrícia Rocha: 91 496 41 61

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Adivinha quem vem jantar...

No dia 23 de Setembro, às 20 horas, a CLAC- Cidadãos Lisboetas Apoiam António Costa - realiza um jantar/convívio, com a presença de António Costa, Helena Roseta e José Sá Fernandes.
Será uma bela ocasião para nos (re)vermos e nos sentirmos próximos e unidos, na defesa de Lisboa. Haverá também algumas agradáveis surpresas.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Lisboa está (mais uma vez ) de parabéns

Foi ontem (15.09.2009) aprovada a proposta de classificação do Bairro Azul como conjunto urbano de interesse municipal. Fica aqui parte da proposta que deu origem a esta aprovação:

Considerando que,
(...) O denominado conjunto do “Bairro Azul” se enquadra no período de desenvolvimento “Art Deco” até à emergência do modernismo em Portugal e resulta de projectos de construtores civis, mas também de arquitectos como Manuel Joaquim Norte Júnior, Carlos João Chambers Ramos e Cassiano Viriato Branco;

Importa dar maior atenção ao Património Arquitectónico do século XX, segundo a Recomendação n.º R (91) 13 do Conselho da Europa sobre a Protecção do Património Arquitectónico do Século XX;

O “Bairro Azul” representa para a história da cidade de Lisboa um interesse indubitável, predominantemente do ponto de vista estético-paisagístico, arquitectónico e social por ser um conjunto único e consideravelmente bem preservado resultante de um projecto desenvolvido ao longo do tempo de uma forma coerente embora, com contribuições autorais diversificadas;

Do ponto de vista da investigação da histórica da cidade o “Bairro Azul” constitui um importante ponto de partida para o investigador que pretenda aprofundar e interpretar certos fenómenos de modernidade que se manifestaram na altura de âmbito social, arquitectónico e estilístico, contribuindo para um estudo sobre aquilo que se poderia chamar um ensaio sobre a Art Deco, no âmbito da arquitectura modernista da cidade;

O “Bairro Azul” é um conjunto arquitectónico de homogeneidade ímpar, com prédios de um programa burguês em gosto Art Deco, contextualizado numa fase de crescimento demográfico e de diversificação das actividades económicas, merecedor de “(…) protecção municipal para que a sua imagem patrimonial não seja alterada” (Prof. Dr. José Augusto artigo de Maio de 2002)

(...) A importância do conjunto edificado denominado de “Bairro Azul” do ponto de vista arquitectónico foi muitas vezes salientada em várias publicações, como sendo “(…) um dos exemplos mais significativos do modernismo, não só pela sua relação com o conjunto, mas também pelas suas tipologias de habitação ao nível do prédio de rendimento”; (Calado, Maria e Vítor Matias Ferreira, Lisboa, Freguesia de S. Sebastião da Pedreira)

(...) O “Bairro Azul” representa um valor cultural com significado para o Município de Lisboa que reflecte no panorama arquitectónico/histórico/cultural desta cidade valores de memória, autenticidade, originalidade e exemplaridade;

Compete aos órgãos municipais proceder à classificação de bens culturais considerados de interesse municipal(...)
Tenho a honra de propor que a Câmara delibere:

Aprovar e submeter à aprovação da Assembleia Municipal, (...) a classificação do bem cultural constituído pelo conjunto denominado de “Bairro Azul” como conjunto de interesse municipal.
Ler aqui o resto da notícia

terça-feira, 15 de setembro de 2009

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Lisboa: o mundo todo misturado

LISBOA MIX

Hoje, domingo, e já ontem, sábado (pelo menos) o largo do Martim Moniz rebentou em música, exposições, comida e por aí fora. O mundo todo misturado. Foi muito bom ver gente oriunda de tantos países, a ouvir as mesmas músicas, a partilhar essa fruição.

É esta a visão que tem faltado a Portugal e a Lisboa. O saber que o tempo em que éramos todos brancos e com as mesmas referências culturais, acabou. O mundo mudou e temos duas maneiras de ver a coisa: ou nos defendemos, empurrando com decretos os imigrantes ou aceitamos o que eles trazem de bom e de novo, desenhando as linhas civilizacionais que não podem recuar (os direitos das mulheres, por exemplo).

Hoje foi mesmo bom ser mais um, ao som da música dos Balcãs... tocada por portugueses.

Ler aqui: http://prazer_inculto.blogspot.com/2009/09/lisboa-mix-hoje-domingo-e-ja-ontem.html

... E também aqui, neste blogue, no post de 4 de Setembro.

domingo, 13 de setembro de 2009